terça-feira, 18 de maio de 2010

SOPA DE ESPINAFRE




Na semana passada fiz uma sopa de espinfre que, modéstia à parte, ficou uma delícia. Leve, saborosa e nutritiva. Sem o creme de leite, é uma refeição de baixo teor calórico.

Antigamente falava-se muito que as crianças deveriam comer espinafre, alimento rico em ferro e ficar fortes como o Popeye. Hoje, elas nem sabem quem é o Popeye e se identificam mais com o verde-forte Hulk. O espinafre tem ferro, assim como as outras folhas verdes escuras. Levou a fama de ser a verdura mais rica em ferro, mas não é bem assim.

Os estudos, entretanto, mostraram que o espinafre não é melhor que as outras verduras de folhas verdes escuras. Pela tabela TACO (Tabela Brasileira de Composição de Alimentos, versão 2, 2006, da Unicamp), o espinafre é ótimo, mas fica longe de ter o mais alto teor de ferro. Em 100 gramas desta verdura refogada, encontra-se 0,6 mg de ferro, o mesmo que alface lisa e quase a mesma quantidade da couve, do brócolis e da chicória (0,5 mg), enquanto perde do almeirão (0,7 mg), da taioba (1,9 mg) e do agrião, este campeão em ferro, com 3,1 mg para as mesma 100 gramas.

A taioba ainda ganha em zinco, fósforo, cálcio, vitamina C e fibras. Aqui em Curitiba nunca vi taioba. Lembro bem desta verdura de folhas enormes na chácara da minha avó no Rio de Janeiro. Acho que ela não gostava e não sabia de suas propriedades nutricionais, pois a taioba nunca ia para a mesa.

Uma alimentação deve ser balanceada para que todos os nutrientes estejam presentes. O ferro das verduras é importante, mas ele não é tão bem absorvido como o ferro presente na carne.


SOPA DE ESPINAFRE

Ingredientes: 4 porções

1 litro de caldo de galinha ou carne
1 maço de espinafre desfolhado e lavado
2 batatas médias
1 c. sopa de creme de leite (opcional)

Preparo:

Cozinhar bem as batatas no caldo e reservá-las.
Completar o caldo com um pouco de água, salgar, quando estiver fervendo acrescentar as folhas de espinafre. Deixar ferver por cerca de 2 a 3 minutos. Acrescentar as batatas e bater tudo no liquidificador ou no processador.
Retornar à panela, corrigir o sal, acrescentar pimenta moída na hora, nóz moscada a gosto, e se quiser, acrescentar 1 c. sopa de creme de leite.

Servir bem quente com torradinhas ou croutons.

A sopa que sobrou, congelei e descongelei lentamente na panela. Estava perfeita. Servi com ovo pochê.

Obs: O espinafre deve cozinhar rapidamente para se manter bem verde.

Veja a receita do caldo em outra postagem. Por favor, NÃO use caldo em cubo.

6 comentários:

fernanda garcia disse...

Fiquei com vontade de tomar essa comida saudável!!!
Abs,

Ana Teresa Londres disse...

Oi Fernanda,

Experimente que é realmente deliciosa!
bjs

Anônimo disse...

Acabei de fazer! achei a ideia muito boa, especialmente nutritiva e gostosa porém não usei caldo de carne/galinha pois não são saudáveis, acrescentei um pouco de leite no lugar do creme de leite, ficou muito boa mas os croutons amolecem portanto acho melhor sem. Obrigada!

Anônimo disse...

no lugar do caldo de carne fritei cebola cortada muito pequena e alho moido fritos, fica a dica.

Allmemories disse...

Que falta de sorte a minha, ontem pedi para Marcia fazer uma sopa de espinafre, ficou rala e sem graça e hj navegando aqui no seu blog dou de cara com essa deliciosa.
Fica para a próxima.
bjs

Marina disse...

Nao vou a Tijuca sem trazer taioba, como e prato mto apreciado em Minas, Alice nos introduziu a ela, com o total apoio do Tatavo, que "cresceu comendo taioba!" Amei a sopa de espinafre!