domingo, 5 de fevereiro de 2012

UM ALMOÇO SIMPLES

Comer bem não significa necessariamente comida sofisticada. Um bom cozinheiro tem que se capaz de fazer uma comida simples e muito boa. Muitas vezes, quando vou a um restaurante que não conheço, peço um prato simples. Um molho de tomate bem feito, a massa al dente,  o bife no ponto certo, legumes com o cozimento adequado, este conjunto fala por si. Nem sempre dá para acreditar em todas as estrelas, prêmios e muito menos em publicidade.

Normalmente almoço em casa. É muito difícil encontrar nos restaurante à la carte um almoço como eu gosto. Quando se foge do "Quilo", cai-se nos menus executivos com entrada, prato e sobremesa e que geralmente são pesados, com molhos cheios de creme de leite e muito calóricos. No Graciosa Country Clube, atrás da minha casa, encontro um almoço como gosto, pena que não há arroz integral no cardápio.

Meu almoço é sempre simples: salada de folhas, tomate e legumes crus, uma carne grelhada, que pode ser de boi, peito de frango ou peixe, arroz integral ou 7 cereais, e feijão em alguns dias na semana, de preferência fresco. Como também farofa. Filha de paraibano não dispensa a farofa com o feijão. Bebo água, e em alguns dias, ainda uma fruta como sobremesa. É claro que aos domingos o almoço é sempre um pouco diferente, especial. No domingo passado, o almoço foi  simples e estava ótimo.Teve uma carne na grelha, picanha, cenourinha baby com tomilho e farofa de farinha de milho (biju). Hoje seria um almoço especial que não aconteceu, mas isto é outra história.


Esta cenourinha é muito fácil de fazer. Em primeiro lugar deixe que a frigideira fique bem quente; acrescente um pouco de azeite de oliva, um dente de alho inteiro (que pode ir com a casca, apenas quebrado pois ele será descartado), as cenouras, que foram cortadas ao meio e lavadas, sal, pimenta moída na hora e tomilho ou outra erva. Deixe tomarem cor, abaixe o fogo e abafe por alguns minutos com uma tampa. Elas devem ficar al dente, ou seja, um pouco rijas à dentada.

A farofa fiz com azeitona. Descaroce cerca de 6 a 8 azeitonas, pique bem ou use um processador.
Numa panela aqueça 1 colher de sopa de manteiga e o mesmo tanto de azeite de oliva. Refogue meia cebola bem picada, as azeitonas, e em seguida coloque a farinha de milho biju (cerca de 1 1/2 xícara). Mexa por alguns minutos e verifique o sal antes de acrescentá-lo. A azeitona já é salgada. Quando pronta acrescente salsinha picada.

A picanha foi para a churrasqueira somente com sal grosso e pimenta moída na hora. Ficou no ponto exato. Não foi de minha autoria.






3 comentários:

fernanda garcia disse...

Tá com uma cara deliciosa!!!
E o Zanoni é meu "ídolo" na churrasqueira!!!
Bjs,
Fernanda

Allmemories disse...

Concordo, com a Fernanda,o churrasco do Luiz é imbatível!!!!
bjs

Blanca disse...

Hola

Yo ya te he añadido a mi lista de blogs. Gracias por el enlace.

Blanca-mirinconderecetas.blogspot.com