quarta-feira, 8 de outubro de 2008

BACALHAU DOMINGUEIRO

Foto Eduardo Pinha

Em muitos domingos preparo este bacalhau, inspirado no meu amigo e confrade Aldo Silvano. Receita simples, saborosa, deliciosa e que pode ser preparada de véspera, colocando no forno no dia seguinte. Diferente da receita do vídeo, que é uma gozação de aula de cozinha, neste eu não fervo o bacalhau antes de preparar o prato, também não comemos bacalhau bebendo vinho do Porto. Acho que não combina de maneira nenhuma. Tudo vai cru para a travessa. Se quiser pode dar uma pré-cozida nas batatas. Ferver o bacalhau deixa a carne mais fibrosa, mais dura.

Para dessalgar o bacalhau, deixo de molho por 3 dias em água gelada, na geladeira, trocando a água de 8 em 8 horas. Depois de dessalgado, você pode embalar o bacalhau e congelar as porções. Assim você sempre terá bacalhau pronto para ser usado. Se quiser, retire a pele e as espinhas.

Esta receita não é bem precisa, pois nunca medi os ingredientes, mas vou tentar quantificá-la. Um ou outro ingrediente pode ser incluído ou excluído, dependendo do gosto pessoal.

Quanto aos vinhos, alguns preferem os brancos e outros os tintos. Ambos acompanham bem. Os brancos devem ser mais estruturados, já que o prato é untuoso. Os vinhos da uva Chardonnay casam muito bem. Se quiser algo excepcional, um Mersault da Borgonha, mas vinhos chilenos com madeira equilibrada como o Chardonnay Casablanca ou argentinos como Chardonnay da Catena, também vão muito bem. Para quem prefere os tintos, estes não devem ser tânicos. Tente o português Quinta da Ponte de Pedrinha, da região do Dão, ou o argentino Familia Zuccardi Q Tempranillo.

Foto Eduardo Pinha

Receita
:
Rendimento: 6 a 8 pessoas
Ingredientes:
•1,2 kg g de lombo bacalhau já dessalgado
•400 g de tomate cortado em fatias (opcional)
•500 g de cebola cortada em fatias finas e escaldadas
•1 kg de batatas descascadas
•150 g azeitona preta
•500 ml azeite de oliva
•2 dentes de alho bem picadinho
•1 colher de cafezinho de páprica picante

Preparo:

•Fatiar as batatas em fatias de 2 a 3 mm de espessura.
•Cortar as cebolas em fatias finas e deixá-las por alguns minutos de molho em água fervendo.
•Forrar o fundo do pirex com as batatas, as cebolas e os tomates. Por cima colocar os lombos do bacalhau.
•Temperar a batata, cebola e o bacalhau com pimenta branca moída na hora. Não acrescentar sal.
•Pincelar o bacalhau com a mistura de alho picado, páprica e 1 colher de sobremesa de azeite de oliva.
•Acrescentar as azeitonas.
•Regar com bastante azeite de oliva, cobrindo toda a batata e parte do bacalhau.
•Forno pré-aquecido quente, cerca de 200°, coberto com papel alumínio por cerca de 1h e meia a 2 horas ou até que as batatas estejam macias. De vez em quando, regar o bacalhau com o azeite da travessa. Um pouco antes de servir, retirar o papel alumínio.
•Servir bem quente com arroz branco.

BOM APETITE!!! Mas não exagere na porção.

8 comentários:

Aldo disse...

Ana, Realmente o único segredo do bacalhau é a qualidade do produto. É muito simples e delicioso. Um abraço, seu blog está ótimo!

Anônimo disse...

"Fatiar as batatas em fatias de 2 a 3 mm de espessura???"

Nao seria 2 a 3 cm???

Anônimo disse...

Fatiar as batatas em fatias de 2 a 3 mm de espessura???"

Nao seria 2 a 3 cm???


ESTA CORRETO!
DESCULPE.

Ana Teresa Londres disse...

Aldo, você tem razão quando fala na qualidade do peixe. Como em tudo, se o produto for de boa qualidade, o prato sempre ficará melhor. O melhor bacalhau é o tipo Gadus Morhua, mas nem sempre se acha. Abaixo deste, e muito semelhante é o Gadus Macrocephalus, que chamam de bacalhau do Porto. Os outros tipos são mais baixos e mais fibrosos.

Anônimo, gostaria que assinasse pois gosto de saber quem escreve. As batatas devem ser bem finas para que cozinhem bem; 2 a 3 mm mesmo.

Marina mandou um comentário por email que transcrevo:

Nossa, de dar agua na boca! e as fotos... arranjaste um
otimo fotografo! Pergunta de leigo, como nao tenho balanca
em casa, a porcao congelada tem muita diferenca de peso em
relacao a descongelada? Bjs, Marina

A porção congelada pesa de 10 a 20% a mais. Mas como esta receita não tem precisão de medidas, você pode fazê-la sem balança.
bjs

Márcia Toccafondo disse...

Oi Ana Adorei a receita...já vou eu para o fogão, beijos, Márcia

Ana Teresa Londres disse...

Márcia,
Não tem dificuldade a receita. bom apetite!!
Ana

Rosi disse...

Posso deixar tudo montado na véspera pra só por no forno no dia seguinte?

Ana Teresa Londres disse...

Pode sim Rosi!