quinta-feira, 24 de julho de 2008

NUTROLOGIA: PORQUE E PARA QUÊ



Nutrologia é uma especialidade de clínica médica ou pediátrica, reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina, que diagnostica, previne e trata os distúrbios nutricionais.
 
A alimentação adequada é importante para uma vida saudável, seja na fase de crescimento e desenvolvimento das crianças e adolescentes, seja na idade adulta. Com ela, prevenimos a obesidade, doenças crônicas como diabetes, hipertensão, osteoporose, infartos do miocárdio, acidentes vasculares encefálicos (também chamados de derrames), e câncer. Estas doenças comprometem a qualidade de vida. Sua prevenção começa na gestação, ou até mesmo antes dela, pois uma pessoa saudável irá gerar um bebê saudável. A orientação nutricional é fundamental para o aumento da longevidade, e para os pacientes com doenças graves, com comprometimento do estado geral, que necessitam de um suporte nutricional.
 
A Nutrologia tem uma função importante na Medicina. O médico nutrólogo trabalha em sintonia com outras especialidades, como a Endocrinologia, a Gastroenterologia, a Otorrinolaringologia ou a Cardiologia. Auxilia geneticistas, pediatras, clínicos e obstetras, ou qualquer outro especialista, no trato de seus pacientes. Trabalha ainda em conjunto com nutricionistas, psicólogos, fonoaudiólogos, fisioterapeutas e profissionais de educação física.
 
A consulta com um nutrólogo, além da avaliação física, passa em revista todo o histórico do paciente referente a doenças anteriores e familiares, juntamente com a alimentação atual e pregressa.
A obesidade é um dos focos importantes da Nutrologia, e não apenas a desnutrição, como há alguns anos. Existe uma epidemia de obesidade, sobretudo entre as crianças. Temos que ensiná-las – e aos adultos também – que a alimentação saudável e adequada e a atividade física são fundamentais.

 Áreas de atuação da Nutrologia:

Gestantes e Nutrizes
Aleitamento Materno
Alimentação do Lactente
Alimentação de Crianças e Adolescentes
Crianças com baixa estatura
Crianças que não comem adequadamente
Prevenção e tratamento de Sobrepeso e Obesidade
Dislipidemias (alterações do colesterol)
Prevenção e tratamento de Desnutrição
Pacientes com Intolerâncias ou Alergias Alimentares (ex: lactose ou proteína de leite)
Anemias, deficiência de Vitaminas e Sais Minerais
Doenças comprometedoras do estado geral, como: Fibrose Cística, Doença Celíaca, Neurológicas, Cardíacas, HIV, Síndromes Genéticas
 

22 comentários:

marjorie disse...

Oi Ana, trazer a área médica para o dia a dia é realmente um desafio...mas, descobrir que o prazer de viver (comer) bem é saúde, não tem maior conforto!!bjs Marjorie

Anônimo disse...

Para tentar ocupar a função do nutricionista, sendo que o seu unico lugar de trabalho será clinica, ja o nutricionista tem um vasto campo de trabalho.

Ana Teresa Londres disse...

Anônimo, eu não entendi o seu comentário. Eu um trabalho clínico em consultório e não ocupo o lugar do nutricionista.
Gostaria que assinasse os comentários.

MONICA disse...

as receitas estao maravilhosas. tenho usado algumas para cozinhar com meus filhos.
foi um prazer lhe conhecer em sp no curso da abran. mantenha contato. parabens pela iniciativa

bj monica

Ana Teresa Londres disse...

Oi Monica, obrigada pelo apoio. Em setembro irei para o curso da Abran. Provavlemente nos veremos lá.
Bjs
Ana

Anônimo disse...

OLÁ, ACHEI MUITO INTERESSANTE O SITE, E APROVEITO PRA TIRAR UMA DUVIDA, O MEDICO NUTROLOGO AUXILA PACIENTE COM CANCER?
ABRAÇO.

Ana Teresa Londres disse...

Olá, alguns nutrólogos podem auxiliar o paciente com câncer a ter uma melhor alimentação. Falei alguns pois dentro da especilidade existem subespecialidades, e alguns são mais aptos para ajudar em determinadas doenças.
Um abç

Karine disse...

Qual o papel do nutrologo na doença do refluxo?

Ana Teresa Londres disse...

Olá, o papel do nutrólogo na doenxa do refluxo seria orientar melhor uma dieta e acompanhar a evolução do paciente.

Anônimo disse...

Bom Dia Ana Teresa, tenho muita vontade de fazer nutriçãi, porém não sei se é a área que irei gostar, e não sei como está o mercado de trabalho em nutrição.Você npoderia me ajudar a decidir e a entender melhor essa aréa da saúde fascinante e hoje não tão reconhecida como merece!!Obrigada. .

Anônimo disse...

ola ana teresa e pesquisa de EIM, vc tambem faz

Ana Teresa Londres disse...

Olá Anônimo, não entendi a sua pergunta, será que você poderia me explicar? Gostaria que assinasse o nome no comentário.

Obrigada

Anônimo disse...

Olá ana teresa, tenho uma filha de 7 anos que esta com sobrepeso, o mais indicado para fazer um tratamento seria um nutrologo, um endócrino ou um nutricionista. Obrigado. Sabrina santos-sp

Ana Teresa Londres disse...

Olá Sabrina,
o ideal é o tratamento com nutrólogo pediátrico que irá tratar de sua filha globalmente. Caso necessite de um endócrino, será então encaminhada. Em quase todos os casos de sobrepeso e obesidade não existe problema endocrinológico. Nesta idade também não se pode fazer uma dieta restritiva pois a sua filha está em crescimento.
Um abraço

Samira disse...

Oi Dra, sou mãe de três filhos, porém o que me faz te escrever neste momento é meu filho mais novo de 3 anos, este está abaixo do peso, juntamente com a pediatra estamos acompanhando sua curva de crescimento, que já chegou a estar a baixo do mínimo necessáro para a idade, já fizemos vários exames de sangue, endoscopia e fezes, nada constou. Preciso de uma luz.
Ah ele tem 98 cm de altura e pesa 13,200kg.
Abraço samira

Ana Teresa Londres disse...

Bom dia Samira,
Estar abaixo do peso pode representar um conjunto de fatores, além dos físicos, o meio ambiente e psicológico. É importante analisar num contexto geral para determinar a origem do problema. O que come, quanto come, como come? há stress no momento da refeição? o quanto a criança dorme? Como vc disse, a criança já foi investigada do ponto de vista clínico. Talvez a abordagem seja outra. Se você quiser me enviar mais detalhes, escreva um email para anateresa.londres@gmail.com e me diga de qual cidade você é.
Um abraço

Ana disse...

Boa tarde Dra.
meu filho completou 4 anos no mês passado, está com 98 cm e 14kg. Come muito bem, arroz, feijão, verduras, legumes, frutas. O meu marido e eu somos de estatura baixa (1,60). O meu filho está abaixo da média das crianças na idade dele? Um nutrólogo pode nos ajudar? Obrigada, Ana

Ana disse...

Boa tarde Dra.
Meu filho completou 4 anos no mês passado, está com 98,5cm e 14 kg.
Come muito bem, arroz, feijão, legumes, verduras, carnes, leite, frutas. Meu marido e eu somos de estatura baixa (1,60cm). Um nutrólogo pode nos ajudar com o meu filho? Obrigada, Ana

Ana Teresa Londres disse...

Bom dia, Ana,
Um nutrólogo pode ajudar sim pois com orientações de alimentação adequada, sono,além de boa saúde, você pode atingir o potencial máximo de crescimento. Este potencial máximo pode não ser atingido no caso de alimentação, sono inadequados e doenças associadas.
Um abraço
Ana Teresa

Carlos disse...

Boa tarde Ana, o nutrologista tambem faz controle hormonal de pacientes ou apenas endocrinologista que faz?

Ana Teresa Londres disse...

Olá Carlos, O nutrologista pode perfeitamente pedir exames hormonais e tratar o que ele tiver experiência. Mas acho que dependendo do caso, deve encaminhar para um endócrino.
Um abraço

Daniela disse...

Boa noite,

Gostaria de saber se um nutrólogo ajudaria em casos de acne.